#lei

O matador de dragões parte II

Depois de recolher os corpos dos moradores da vila, eu e Gladio passamos a noite na vila, que agora não passa de cinzas. Acordei com o barulho de Gladio arrumando-se para partir e lhe perguntei onde ele estava indo, ele disse que já tinha pagado a dívida e estava partindo, então eu lhe disse:

- Você ainda não me contou como conhece Gehennan.

Ele me olhou com um olhar sério de que não gostou da pergunta e respondeu:

- Por que você está interessado?

- Porque ele transformou meu pai em cinzas. Respondi

Ele colocou suas coisas no chão e falou para nos sentarmos e começou a contar uma história. 

- Tudo começou na capital real há dez anos quando quem governava era o rei Ômega antes do golpe e de ele perder o trono pra seu filho. O antigo rei tinha criado uma Ordem secreta para manter a paz no reino usando os meios que fossem necessários, até coisas cruéis que você nem imagina, a Ordem tinha apenas 15 membros, entre eles tinham todo tipo de pessoa, desde magos até ladrões, mas todos eles tinham a confiança do rei, e não importava quem fosse que estivesse na Ordem, não tinha por que suspeitar, pois o rei era muito seletivo com seus amigos.

Um dia, enquanto o rei estava resolvendo assuntos da corte, ele escutou um rugido estranho e pouco tempo depois seu conselheiro entrou às pressas no salão onde o rei estava e disse que tinha identificado a fonte do rugido e que tinha sido em um vilarejo próximo da capital real e que ele estava sendo incinerado. U um dragão havia feito tudo aquilo. Apavorado, o rei reuniu todos os 15 membros de sua Ordem rapidamente e ordenou que eles matassem o dragão. Muitos pareceram surpresos, mas nenhum levantou a voz para reclamar ou perguntar a razão, a única coisa que se perguntou foi onde o dragão estava, e não demorou muito para eles partirem. Logo depois eles encontraram o dragão perto do vilarejo que ele tinha queimado e começaram a atacá-lo. A luta foi intensa, depois de pouco tempo, 10 dos 15 estavam mortos e não demorou muito para o resto deles morrerem também. O dragão era muito forte, ele resistiu aos mais diversos ataques desde mágicos a físicos, ele parecia não ter fraqueza e era cruel. Porém, ele deixou apenas um deles vivo e disse para ele voltar e dizer quem tinha destrído o reino e para pararem de tentar impedi-lo, pois da próxima vez, ele transformaria o reino inteiro em cinzas. Então o dragão desapareceu e não foi visto nunca mais.

 



138





Acesse

Oferecimento


© 2016 Contaí. Todos os direitos reservados ao CEM Ir. Acácio | Desenvolvido por Ponks Software Development