#lei

A quiromante

Um cara chamado David foi consultar uma quiromante, para que ela lesse o seu destino na palma de sua mão, queria saber acima de tudo, como e quando seria a sua morte. Queria saber o seu futuro para antecipar a sua morte. A quiromante sorriu.

 

-Ninguém pode mudar o seu destino, disse.

 

-É eu não consigo tirar a minha própria, vida alguém sempre está no meu caminho. Disse o homem.

 

A quiromante sorriu e o olhou com um olhar maligno alizando a palma de sua mão para continuar o seu serviço.

 

-E como pretende morrer?

 

-O sonho de todos é dormir e não acordar, todas as vezes que eu tento alguém me atrapalha.

 

-O que está na palma de sua mão não pode ser mudado. Se eu lhe disser você vai morrer em minutos?

 

-E eu só quero saber quem vai atrapalhar, para matar e logo depois me suicidar.

 

- Mas eu não posso te falar, você vai morrer em minutos.

 

-Mas me conta por favor  eu preciso saber, eu deixo tudo para você, minha herança, minha casa, tudo, mas por favor me conte.

 

-Não posso, existe uma maldição. Se eu te falar vou ficar com ela para sempre.

 

- Mas por favor me conta.

 

-Não posso.

 

-Conta agora eu paguei eu tenho direito.

 

-Não, eu não posso te contar, dá o seu jeito!

 

-Me conta.

 

-Está bem.Você tem uma maldição de família sua mãe tem quantos anos?

 

- 97.

 

-E como ela está?

 

-Está forte forte muito bem, com um resfriado leve, mas está bem.

 

-E você como está? Quantos anos você tem?

 

-Eu tenho 70 anos e estou ótimo.

 

-Então você tem uma maldição de imortalidade.

 

-E como eu fasso para quebrar essa maldição?

 

-Só tem uma forma. Passar para mim.

 

-Então vamos fazer logo isso.

 

-Não eu não quero essa maldição.

 

-Vai logo você vai ser rica!

 

-Tá... Pronto!

 

-Sério, só um minuto e está pronto?

 

-Sim... Eu desejei e pronto.

 

-A então está bem.

 

Depois dessa conversa, David pega uma arma e tenta se matar, mas antes pensa que ela é uma ótima mentirosa. Ele volta até o local onde a encontrou, mas como ele falou que ele daria tudo para ela e ela ficaria rica a quiromante pensou: por que não  aproveitar a vida.

 

Só que ele continuou com a maldição ele já não sabia mas o que fazer.

 

Algum anos se passam  e ele já estava quase com 100 anos e tinha que saber o que a vida tem de bom, por que ele só via o lado ruim das coisas e quando ele descobriu isso viveu por apenas mais um dia para perceber que disperdiçou a sua vida tentando se livrar de ser feliz.

 

 

 

 

 



54





Acesse

Oferecimento


© 2016 Contaí. Todos os direitos reservados ao CEM Ir. Acácio | Desenvolvido por Ponks Software Development